sexta-feira, 6 de abril de 2018

Vivemos num país formidável ! 1

J.-M. Nobre-Correia
Telejornais :Vivemos de facto num país formidável : a sorte que nós temos !…
Nos anos 1950-60, a televisão foi impondo o seu ritmo nos lares europeus. Sobretudo com o telejornal, as famílias começaram progressivamente a iniciar o jantar (e mais tarde, nos anos 1970, o almoço) à hora do programa de informação.
No caso português, a aberração que consiste em que as três televisões generalistas tenham os seus telejornais à mesma hora, faz que 20h00 seja a hora em que muitas famílias se sentam à mesa para jantar e se informar.
Pois bem, hoje às 20h00, a RTP 1(…televisão de “serviço público”, ao que parece) transmitia um encontro de futebol feminino entre a Bélgica e Portugal (aliás nestas últimas semanas, os “diretos” de futebol às 20h00 têm sido muito frequentes).
Por seu lado, na SIC, o telejornal começou manifestamente antes da hora para logo à hora normal nos anunciar durante quase um quarto de hora a “crise no Sporting” !
E para bem informar os cidadãos, a TVI abriu o seu telejornal com a “crise no Sporting” durante um quarto de hora !
Chama-se a isto “pluralismo da informação” e “hierarquização dos factos de atualidade” !
Não aconteceu nada hoje em Portugal e no mundo : só, só futebol !…
Grande país este ! Excelente qualidade de informação !
Ou melhor, agora a sério : desesperadamente inquietante este horizonte proposto diariamente aos cidadãos !…

Sem comentários:

Enviar um comentário